O conceito de nutrição diferente nasceu como um contraponto ao esteriótipo da nutrição que foca nas dietas, nas listas de permitidos e excluídos, nas preparações com muitos nutrientes mas sem sabor, em refeições baseadas em produtos caros, na classificação de alimentos como bons e ruins ou que engordam e que emagrecem.

Na contramão desta visão está a nutrição diferente. Ela também busca equilibrar os nutrientes necessários ao corpo da pessoa, porém entendendo que não comemos nutrientes e sim alimentos, que por sua vez têm um significado singular a cada pessoa e sua vida, tornando-se uma coisa maior: a comida.

A nutrição diferente tem como objetivos diretos: melhorar a nutrição do corpo, a relação da pessoa com a comida, a percepção dos sinais de fome e saciedade, estabilizar o peso e melhorar a relação com o seu corpo.

O maior intuito é fazer com que o paciente desenvolva confiança e autonomia para ir fazendo suas próprias escolhas alimentares de uma maneira saudável e sem que isso consuma todo o tempo de sua vida.

NUTRIÇÃO DIFERENTE

Algumas ferramentas e medidas são utilizadas tanto para avaliações (iniciais e de progresso) quanto  orientações. 

Existem registros verbais, escritos, digitais e fotográficos da alimentação e das experiências em relação a estas. Exercícios práticos que se fazem no ato da consulta ou em casa. Tarefas guiadas registradas para que se discuta durante a consulta.

Planejamento da alimentação e desenvolvimento de estratégias para lidar com as questões individuais de cada um.

Todas as técnicas são baseadas em metodologias reconhecidas cientificamente como Terapia Cognitivo-Comportamental, non-diet approach (abordagem sem dieta / não prescritiva), intuitive eating (comer intuitivo), eating competence, mindful eating (comer consciente / comer com atenção plena) entrevista motivacional, entre outras.

A nutrição diferente olha a pessoa dentro de cada corpo. O corpo e peso sozinhos, isolados, sem suas histórias, não dizem muito sobre a saúde da pessoa. 

O corpo é pensado e discutido em perspectiva, sua interface com a saúde e também seus significados na sociedade atual, bem como as pressões para se atingir um ideal único de corpo.

Os esteriótipos "magro = saudável" e "gordo = não saudável" são ruins e por isso são desestimulados. Em seu lugar, as histórias, os desejos, os medos, as sensações são ouvidas com cuidado para definir as metas do tratamento.

O CORPO

MÉTODO

A PESSOA

A visão sobre a pessoa atendida, por vezes chamada de paciente, é sempre individual e integral. 

O individual, nesse contexto significa que não há orientações prontas e entregues para as pessoas, justamente porque são únicas. Duas pessoas podem ter a mesma doença, mas a forma que essa doença se manifesta e o jeito que a pessoa lida com ela são diferentes, assim o atendimento é sempre singular.

 

O integral se refere da pessoa como um todo. Os sintomas e sinais que as pessoas referem ou exibem estão interligados na maioria das vezes. Os tratamentos mais assertivos são os que conseguem fazer conexões entre eles, inclusive quando eles extrapolam sua área de conhecimento para contatar outros profissionais para ajudar a pessoa.

O indivíduo também é sempre respeitado em suas demandas, potencialidades e fragilidades. 

Se você quer ser tratadx de maneira humanizada e cuidadosa, muito provavelmente esse é o melhor método para você!

Entre em contato

para conversarmos sobre você!

Rua Padre João Manuel, 222, Cj 90/91

Cerqueira Cesar - São Paulo, SP

cezar@nutricaodiferente.com

Tel: (11) 999 999 642

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • whatsapp-512
  • uz

© 2020 Cezar Vicente Jr. Todos os direitos reservados.